Sociedade

65 jovens aptos para governar

Um total de 65 jovens foi formado nas áreas de Organizações para Acção Comunitária e Liderança Responsável em Transparência e Boa Governação, desde Dezembro até princípio desde mês, numa parceria entre Academia de Liderança Comunitária (ALC) e a Rede de Mediatecas de Angola (REMA).

22/01/2021  Última atualização 11H35
Jovens formados foram contemplados com certificados © Fotografia por: Jaimagens/fotógrafo
O director-geral da REMA, Bengui Saúca, no acto da cerimónia de outorga de certificados aos seus recém-formados afectos ao segundo ciclo formativo, na Mediateca Zé Dú no município do Cazenga, pediu aos jovens um maior empoderamento e a não desistir dos seus sonhos. O programa é uma oportunidade para aqueles jovens que serão os futuros líderes comunitários no país.
Bengui Saúca disse que a formação são ferramentas que ajudam a inclusão digital das populações e acima de tudo o apoio para a juventude que carece de instrumentos e passos próprios para a partilha de conhecimentos e que os mesmos passos estão abertos para a juventude em particular.O director-geral da REMA, recordou, ainda, que é um trabalho que inclui vários sectores ministeriais com destaque o Ministério da Juventude e Desportos e as direcções provinciais, porque a juventude é a maior força em Angola. Explicou que a REMA apoia a Academia de Liderança Comunitária, em termos de espaços onde os jovens têm a oportunidades e poder  partilhar os conhecimentos que trazem de outras formações adquiridas e que participam numa vida activa para as comunidades.

Por sua vez o director-geral da Academia de Liderança Comunitária (ALC), Isildo Marques, disse que a Instituição é uma acção social de jovens que têm a visão em apoiar o processo de empoderamento juvenil em matérias de acções comunitárias de género, empreendedorismo social em todo o território nacional em uma escala gradual e sensível ao género.Isildo Marques disse que por ser a primeira em Angola, a Academia de Liderança Comunitária está voltada na capacitação dos jovens em temas relacionados à Liderança Cívica, Administração Pública e Empreendedorismo.

O director-geral da Academia lembrou que a sua instituição prevê abrir os mesmos cursos nas dezoito províncias do país. Para o recém-formado Manuel Mata, formado em Organização e Acção Comunitária e Criação em Gestão de Projectos Sociais,  aprendeu matérias em Liderança Comunitária no sentido de empoderar outros jovens nas diferentes comunidades com o objectivos de exercer algumas actividades e o seu desenvolvimento.

Alberto Quiluta

Jornalista

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Mundo

Opinião

Política