Opinião

A greve e os jornalistas

O Kinama, como todos da banda sabem, é uma pessoa que não é dilaji (analfabeto/que sofre de perturbações mentais). Ele não amarrou muito. Mas lê muito, mesmo nganzado.

09/05/2021  Última atualização 10H05
Quando está num mbaxi (sítio/local) e encontra os nganvives e os candengues a mabossarem (conversarem) sobre uma dika que ele não domina, procura captar tudo de bom e faz apontamentos para depois, quando estiver numa outra parada, mabossar taco-a-taco.

Ontem, na placa do Diangato, o  Zé da Ginguba e o Zé da Chavina estavam a mabossar sobre o Dia Mundial da Liberdade de Imprensa, que tem a ver com os jornalistas. Uns diziam que os jornalistas têm feito o seu trabalho na medida do possível. Outros diziam que deviam fazer mais.

Papo dali, papo daqui, resolveram bazar  à casa do Mamungua para pancarem o dormido (comida que sobrou no jantar do dia anterior) e nganzarem qualquer coisa, menos carpirinha do azar.
Postos em casa do Mamungua encontraram a cunhada dele, a Maria Dya Pambala, mulher do irmão caçula. Esta levou umas coxas, carne abatida, cabeça de porco e uns quilitos de arroz, açúcar e massa alimentar.

Porquê? Porque quando o candengue estava a ganhar 35 mil kwanzas é ali onde ia buscar o papucho (comida) para os filhos. E fez isso porquê? Porque tomou conhecimento que a TCUL aumentou o salário de 35 mil para mais de cem mil kwanzas. Ela fez kilape de 70 mil e avisou no marido que do merepe (dinheiro) que ele vai receber só vai ficar com 10 mil para conviver com os seus amigos.

Depois da Maria Dya Pambala sair, entra o irmão do Mamungua, ngone (nervoso), pediu um copo com água, depois outro e começou a apontar o dedo aos jornalistas, dizendo que os jornalistas lhe arranjaram problemas familiares porque anunciaram que os salários dos homens da TCUL subiram e a mboa (mulher) disse que a partir deste mês, com o novo salário, vai conseguir rir um bocado.

Mas como Kinama lê muito, explicou: "O jornalista não é culpado. Apenas relatou os factos. Quando se sentiram prejudicados recorreram aos órgão de Comunicação Social e esses difundiram a notícia. Agora como resolveram o vosso problema, também, devem difundir. É o lógico”.
Essa explicação não convenceu o irmão do Mamungua que exclamou: "Jornalistas mesmo são fofoqueiros. Podiam só dizer que aumentaram o salário, agora meter o valor está mesmo bom! O que é que vou dar na segunda! Resolveram um problema e me arranjaram outro”.
É a greve e os jornalistas...   
Pereira Dinis

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Opinião