Desporto

Andreas Seidl admite lutar pelo terceiro lugar

O chefe da equipa de Fórmula 1 da McLaren, Andreas Seidl, admitiu não ter o me-lhor carro para lutar pelo terceiro posto entre os construtores, mas garante que tudo farão para que essa posição fique definida no último Grande Prémio do ano, em Abu Dhabi.

25/11/2020  Última atualização 13H10
© Fotografia por: DR

McLaren, Racing Point e Renault entraram para a corrida da Turquia separadas por apenas um ponto, mas um fim de semana atípico levou a que a Racing Point se distanciasse dos adversários mais directos, que por sua vez viram a Ferrari aproximar-se.Com seis pontos de atraso face à Racing Point, a McLaren espera manter o contacto com a equipa de Sergio Pérez e Lance Stroll nas duas corridas do Bahrain.
"Decididamente não temos o terceiro ou quarto carro mais rápido neste momento”, disse Seidl, director de equipa."Pelo que vimos agora da Ferrari, mais um bom resultado e de repente estamos a lutar com quatro equipas pelo terceiro lugar. Do nosso lado, é simplesmente importante focarmo-nos em nós próprios, tentando extrair mais desempenho do carro, especialmente aos sábados”, disse.
"É importante manter o nível de fiabilidade, já que até agora temos um registo muito bom, não somando um único abandono em qualificação ou corrida, o que é um grande passo em frente em comparação com os anos anteriores”."Só esperamos poder manter esta batalha viva até à última corrida. Daremos o nosso melhor como equipa. Vejo que todos estão empenhados dentro da equipa e o espírito na garagem é muito bom, isso dá-me confiança de que podemos manter esta batalha viva”, finalizou.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Mundo

Opinião

Política