Coronavírus

Angola com 170 infectados e quatro mortes de Covid-19

Xavier António

Jornalista

O país reportou 170 casos de infecção pelo novo coronavírus, quatro mortes e 407 recuperados, indica o boletim epidemiológico da Direcção Nacional de Saúde Pública, divulgado nesta quinta-feira (10).

10/06/2021  Última atualização 19H18
© Fotografia por: DR

Em relação aos novos casos, 87 foram notificados na província de Luanda, 18 em Cabinda, 17 no Cuanza Norte, 16 no Cuanza Sul, 14 no Huambo, cinco na Huíla, Malanje, Cunene e Uíge com três em cada, dois no Zaire, Namibe e no Bengo com um em cada.

O documento esclarece que os infectados têm idade com as idades entre um e 92 anos, sendo 82 do sexo masculino e 88 feminino, perfazendo um total de 36.325 casos confirmados, desde o início da pandemia, em Março do ano passado.  

De acordo com as autoridades sanitárias, três mortes foram em Luanda e uma Huíla, com idades compreendidas entre 38 e 63 anos, sendo um d sexo masculino e três feminino. Assim, o número de mortes de Covid-19 no país subiu para 815, até à data.   

Em relação ao número diário de recuperados, 370 são de Luanda, 17 no Huambo, 11 na Huíla, seis no Uíge e três no Cunene. As idades variam entre sete meses e 82 anos. Angola contabiliza agora 29.960 recuperações.

Nas últimas 24 horas, os laboratórios processaram 2232 amostras por RT-PCR. O cumulativo aponta para 609.358 amostras processadas com uma taxa de positividade de 6%.

De acordo com o Ministério da Saúde, nos pontos de entrada e saída da de Luanda foram atendidos na base do teste de antigénio 410 utentes, com objectivo travar a importação de novos casos para as demais regiões do país.

Dados do boletim indicam que do total dos casos confirmados, existem de 5.550, dos quais nove estão críticos, 30 graves, 101 moderados, 16 leves e 5.394 assintomáticos.

Nas unidades de tratamento a nível do país, estão internados 156. Em acompanhamento em quarentena institucional estão igualmente 164 pessoas, enquanto 2.369 contactos sob vigilância epidemiológica.

 

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Coronavírus