Sociedade

Assassinos de coronel já a contas com a Justiça

André da Costa

Jornalista

Os cinco meliantes que no passado dia 1 assassinaram, no bairro Vila Flor, município de Viana, em Luanda, o cidadão Bernardo Muginga, 56 anos, coronel das Forças Armadas Angolanas, já foram detidos pelo Serviço de Investigação Criminal (SIC).

24/04/2021  Última atualização 14H13
© Fotografia por: DR
Os acusados têm idades compreendidas entre 22 e 30 anos. O chefe do Departamento de Comunicação Institucional e Imprensa do SIC/Luanda, superintendente-chefe Fernando de Carvalho, fez saber que um dos detidos é sargento das Forças Armadas Angolanas, suposto autor do disparo que causou a morte do coronel.

Fernando de Carvalho explicou que, depois de assassinarem o coronel, os meliantes levaram a sua viatura até ao bairro do Bita-Tanque, onde a entregaram a dois indivíduos, mecânicos, que a desmontaram completamente. Informou que as peças da viatura, Toyota, modelo Hilux, foram vendidas a um cidadão chinês, identificado por Zang Zhong.

Fernando de Carvalho disse que o móbil do crime foi o roubo da viatura do coronel, no sentido de venderem as peças de forma retalhada. Os acusados já foram encaminhados ao Ministério Público, para depois responderem pelo  crime de homicídio qualificado. 

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Sociedade