Política

Cabo de fibra óptica garante qualidade às comunicações em Cabinda

Bernardo Capita | Cabinda

Jornalista

O ministro das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social, Manuel Homem, inaugurou, na manhã deste sábado,8, em Cabinda, o cabo de fibra óptica terrestre, com o ponto de conexão na froronteira do Yema 17 quilômetros a sul da cidade.

08/05/2021  Última atualização 11H44
© Fotografia por: DR
O cabo de fibra óptica, ora inaugurado, é de cerca de 800 quilômetros de extensão e parte da província de Luanda, passando pelos municípios do Nzeto e Noqui, província do Zaire, travessando a RDC, pelas cidades de Matadi e Boma, Região do Baixo Congo, desembocando até a fronteira do Yema em Cabinda.
O objectivo do cabo de fibra óptica é de tornar os serviços de telefonia e de internet, com mais qualidade e velocidade.Depois do ponto de conexão de fibra óptica  do Massabi, igualmente visitado, ontem, pelo Titular  da Pasta das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social, a província, passa a partir de  agora a dispor de duas infraestruturas de conexão  de fibra óptica que de um modo  geral, vão melhorar  o sistema das comunicações em Cabinda, invadida pelos sinais de telecomunicações da República do Congo e da RDC.

Mudanças nas comunicaçõesNa ocasião, o ministro das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social, afirmou que "o projecto que hoje vemos materializado, representa para o sector um marco  importante porque sinaliza  um conjunto de acções práticas  que temos vindo a realizar",  disse, acrescentando  que, o mesmo trouxe para Cabinda, mudança significativa no panorama das comunicações eletrônicas.Segundo ainda afirmou, o ministro Manuel Homem, com essa ligação, Cabinda, passsa a estar integrada na rede nacional de comunicações em banda larga, com infraestruturas físicas que ligam este ponto ao resto do país. 

"Com isso, as operadoras nacionais e internacionais que operam no sector  das telecomunicações, empresas ligadas aos ramos de desenvolvimento económico  no sector petrolífero ou outras que investem nessa localidade, passam a ter  com esta infraestrutura capacidade de poderem-se conectar e aferir maior qualidade dos serviços que desenvolvem."As nossas populações sentirão muito brevemente uma maior qualidade dos serviços de Internet" disse, o ministro para quem, os desafios no sector  das telecomunicações, não terminam aqui.

O governador da província de Cabinda, Marcos Alexandre Nhunga, afirmou que a inauguração do cabo de fibra óptica na fronteira do Yema em Cabinda, representante um momento histórico para a província, porque a região, passa a ter uma melhor qualidade  e velocidade nas interligações,daqui para frente."Cabinda sai a beneficiar porque é pela primeira vez que  através da fibra óptica liga-se com o país", disse, considerando ser um passo cuja região estará mais facilitada.ResponderEncaminhar

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política