Economia

Camponeses aconselhados a apostar em culturas resistentes à seca

O secretário de Estado para Agricultura e Pecuária e Pescas aconselhou, na cidade do Huambo, os camponeses da comuna da Calima, a apostar em sementes de culturas resistentes à seca, como de mandioca, massambala, batata-doce e banana, de forma a manter o equilíbrio e reforçar a segurança alimentar neste período de estiagem que se regista na região.

27/02/2021  Última atualização 11H30
© Fotografia por: DR
Bartolomeu Cunha que  avaliou os prejuízos  causados pela escassez de chuva, exortou os produtores a não optarem pelo cultivo do feijão, milho, batata-rena e hortaliças,  enquanto se estiver a verificar estiagem, salientando que se deve ter como alternativa o  cultivo em zonas baixas, aproveitando o curso de água para irrigação da produção agrícola.

"A situação não é das melhores, mas acreditamos na possibilidade de se inverter o quadro se priorizarmos  os terrenos em zonas baixas onde, com alguma permanência, há água”, destacou, para acrescentar que, depois do diagnóstico ser efectuado, está previsto o estudo das amostras e propostas de soluções plausíveis para contrapor os efeitos negativos da seca, devendo os técnicos acompanharem os níveis de produção de cada uma das famílias.

O estudo, afiançou o secretário de Estado, baseia-se num inquérito de identificação dos problemas de natureza agrária e a dimensão histórica da seca, para a busca de soluções plausíveis, visando suavizar o impacto, através da apresentação de propostas de culturas com ciclos de produção curta, usando moto-bombas  manuais para irrigação dos campos.
"As chuvas, felizmente,  começaram a cair em quase todo o país, em particular na região do Huambo. Acreditamos que o sector encontrará alternativas para mitigar este problema da estiagem'', garantiu.

O chefe de Departamento do Instituto de Desenvolvimento Agrário no Huambo, Victorino Chonguela, esclareceu que o governo local, através do Ministério de tutela, tem um programa de intervenção para apoiar as famílias camponesas, nesta segunda época,  com realce àquelas que cultivaram nas baixas, com sementes melhoradas  de feijão, milho, batata-rena e hortícolas.

Justino Victorino / Huambo

Jornalista

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Mundo

Opinião

Política