Desporto

Carlos Almeida destaca contributo do desporto

O secretário de Estado para o Desporto, Carlos Almeida, destacou, ontem a contribuição da prática desta actividade para a edificação de uma Angola melhor do após-guerra.

07/04/2021  Última atualização 13H25
© Fotografia por: DR
A constatação foi feita durante a cerimónia que assinalou o Dia Internacional do Desporto ao Serviço do Desenvolvimento e da Paz, instituído há oito anos pela ONU.Em declarações à imprensa, o responsável reconheceu que há, ainda, muito a fazer a julgar pela dimensão dos desafios, mas acredita que, com união, facilmente serão preservadas as metas já alcançadas até ao momento, tendo em vista uma  sociedade mais justa.

"Apesar de comemorarmos, hoje, o Dia Internacional do Desporto e da Paz, o mais importante, para nós, foi o 4 de Abril, que assinalou os 19 anos do calar das armas”, disse. "No fundo, esta reconciliação nacional vem sustentar tudo o que nós angolanos conseguimos  representar, e o desporto é prova disso”, sublinhou.

O evento, promovido pela Associação Angolana a Mulher e o Desporto (AMUD) em parceria com o Ministério de tutela, decorreu numa das quadras desportivas do distrito urbano do Neves Bendinha onde estiveram reunidos atletas das distintas disciplinas da Macovi Sport Club, com sede no bairro Popular .Na ocasião, duas atletas formadas na Macovi foram homenageadas. Trata-se  das  Mestres Internacionais de xadrez Esperança Caxita e Maria Domingo, que receberam   diplomas de mérito entregues pela administradora distrital Naulila André e pela presidente da AMUD, Justina Praça.

O secretário de Estado disse que o clube presidido por Correia Victor é "parceiro privilegiado”  do Ministério de tutela por ser um dos principais promotores da actividade desportiva nas comunidades.Nos últimos anos, o xadrez tem sido o cartão de visita da academia fruto da conquista de vários troféus,  sobretudo a nível internacional. 

Carlos Almeida afirmou que o Ministério tem seguido a evolução destes atletas através da federação e dado o apoio possível. "São várias as actividades que o ministério desenvolve neste recinto , tendo a escola  Macovi como parceira”, disse. "Hoje trouxemos outros, como o Comité Olímpico Angolano e AMUD . Nesta senda, todos os apoios que conseguimos atribuir a estes parceiros é sempre na perspectiva de dar o mínimo de conforto e a Macovi não foge à regra”, acrescentou.

Na sua intervenção, Correia Víctor mostrou-se regozijado pelo facto do clube estar associado a actividade que assinala "uma data importante” e prometeu continuar a trabalhar os distintos agentes desportivos na promoção de acções que visam estimular a prática desportiva e contribuir na procura de melhores soluções.Justina Praça considerou que a organização do evento foi uma resposta ao apelo do Ministério  e destacou as linhas de força da AMUD para incentivar as mulheres a praticarem o desporto desde tenra idade, com vista ao alcance do bem estar físico e emocional e, também, o profissionalismo.

No final, Carlos Almeida descerrou um mural com fundo branco com a inscrição "Desporto e Paz”, em letras azuis. Todos os convidados rubricaram-no.Houve igualmente animação cultural e demonstração de jogo de ténis de mesa, xadrez, ginástica rítmica.

A Assembleia-Geral da ONU instituiu o Dia Internacional do Desporto ao Serviço do Desenvolvimento e da Paz em Agosto de 2013. Foi escolhido o 6 de Abril pelo facto de ter  sido o dia em que foi realizado a primeira edição dos Jogos Olímpicos da era moderna, em Atenas, em 1896. 

Armindo Pereira

Jornalista

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Mundo

Opinião

Política