Regiões

Casa de abrigo acolhe familiares de doentes

Uma casa de abrigo, com capacidade para acolher 300 pessoas, na cidade do Huambo, reabilitada recentemente, foi entregue oficialmente às autoridades sanitárias locais para acomodar os acompanhantes de doentes internados nos hospitais geral e no Sanatório.

22/11/2020  Última atualização 19H33
Infra-estrutura pública foi reabilitadada e apetrechada © Fotografia por: Francisco Lopes | Edições Novembro | Huambo
A infra-estrutura, orçada em oito milhões de kwanzas, localizada no bairro Bom Pastor, foi requalificada no âmbito do Programa de Desenvolvimento Integrado de Combate à Pobreza.
O administrador municipal do Huambo, Joca Figueiredo, considerou que a reabilitação do local para o abrigo de acompanhantes de doentes, é a satisfação do compromisso das acções sociais que o Governo tem com a população. "Deste modo, evitamos que famílias pernoitam ao relento, passando por uma série vicissitudes, como assaltos, chuvas, frio, enfim, procuramos dar alguma dignidade aos acompanhantes dos doentes”, disse.

"Era constrangedor”, acrescentou, "a maneira como as pessoas passavam às noites na parte adjacente dessas unidades para se inteirar do estado de saúde dos parentes. A reabertura desde local estava nas prioridades do Governo da Província do Huambo”.

Joca Figueiredo sublinhou que é necessário sensibilizar os familiares dos doentes que a casa de abrigo "não é uma pousada”, mas, sim, um lugar onde os acompanhantes possam apenas pernoitar e guardar os haveres. "Com a abertura deste local evitamos a aglomeração de pessoas nos arredores dos hospitais, onde até algumas famílias faziam necessidades fisiológicas”, sublinhou.

"A melhoria das condições para a acomodação dos doentes internados dos próprios acompanhantes nas unidades sanitárias da cidade do Huambo, faz parte das prioridades do Governo local, pois, assim evita-se vários constrangimentos.

Justino Victorino / Huambo

Jornalista

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Mundo

Opinião

Política