Regiões

Chuva corta circulação entre Benguela e Huíla

A passagem alternativa sobre o rio Kutembo, na fronteira entre os municípios do Chongoroi (Benguela) e Quilengues (Huíla), voltou a desabar, segunda-feira, devido às fortes chuvas que se abatem sobre a região, informou, ontem, à Angop o director provincial do Instituto Nacional de Estradas de Angola (INEA), Domingos Cipriano.

16/03/2021  Última atualização 23H02
Desabamento da ponte impede habitantes da cidade do Lubango de viajar até Benguela © Fotografia por: DR
Segundo o responsável, o caudal do rio está muito alto por conta da chuva que cai diariamente, arrastando troncos, pedras e outros resíduos que acabaram por danificar a passagem alternativa.
Neste momento, diversas viaturas encontram-se paradas ao longo da Estrada Nacional nº 105, nos dois sentidos, aguardando por uma intervenção na infra-estrutura.

O responsável assegurou que, tão logo o caudal do rio baixe, a empresa encarregue da construção da nova ponte fará uma intervenção na passagem alternativa, para o restabelecimento da circulação no local.

Questionado sobre o grau de execução da nova ponte, Domingos Cipriano informou que os trabalhos decorrem a bom ritmo, verificando-se  actualmente acções para o lançamento dos perfis que irão suportar os tabuleiros e os aterros de enchimento nos dois sentidos, pois, a futura ponte contempla seis metros de altura e 64 de comprimento, o que requer um nivelamento das bases.
É a sexta vez que a circulação no local é interrompida, desde o início das obras da nova ponte, em 2020, devido a fortes chuvas e acidentes de viação.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Regiões