Política

Crispiniano dos Santos defende JMPLA mais forte e activa

O primeiro secretário nacional da JMPLA disse, ontem, em Luanda, que é necessário reforçar as estruturas de base da organização no sentido de tornar os militantes mais activos, fortes, produtivos e capazes de solucionar os problemas sociais nas comunidades.

10/02/2021  Última atualização 09H02
Secretário nacional da JMPLA, Crispiniano dos Santos © Fotografia por: Edições Novembro
Crispiniano dos Santos defendeu esta posição no acto central de abertura do Processo de Revitalização das Organizações de Base da JMPLA, projecto que consta dos pontos fortes da agenda política do MPLA referente ao ano de 2021.Para a materialização deste projecto, o responsável esclareceu que a JMPLA pretende continuar a cuidar do funcionamento das suas estruturas de base, assim como acompanhar e avaliar periodicamente as actividades de cada uma delas.

Por outro lado, fez saber que, durante o Processo de Revitalização das Organizações de Base, serão realizadas  actividades de carácter político e organizativo, para permitir analisar a situação dos núcleos e comités locais de jovens, bem como o comportamento dos militantes e corrigir as insuficiências de funcionamento. "Este processo vai permitir a inserção da JMPLA na sociedade, por um lado, e, por outro, mobilizar e formar a consciência política dos jovens, tendo sempre presente os mais legítimos anseios e aspirações do povo angolano”, afirmou o político.

Segundo o líder juvenil, outras preocupações estão relacionadas com a crise económica e a pandemia da Covid-19 que o país e o mundo enfrentam, que exigem muito sacrifício, compreensão e coragem de todos sem excepção. Explicou ainda que a juventude angolana, de uma maneira geral, deve ser solidária e comunicativa, estar unida e comprometida com os esforços empreendidos pelo Presidente da República, que se tem revelado um líder diante das dificuldades que assolam o país.

Já a primeira secretária provincial da JMPLA em Luanda, Hermingarda Fernandes, disse que o início do processo de revitalização é uma oportunidade para dar nova dinâmica ao trabalho que a JMPLA tem realizado há algum tempo. O acto decorreu sob o lema "Descer às bases e com elas erguer a bandeira do MPLA”.

Job Franco

Jornalista

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Mundo

Opinião

Política