Economia

Cuanza-Sul beneficia de mais de 20 mil milhões de kwanzas

O Programa de Apoio à Produção, Diversificação das Exportações e Substituição das Importações (PRODESI) financiou, em 2020, na província do Cuanza-Sul, projectos agrícolas num valor global de 20 mil milhões kwanzas, segundo o chefe de Departamento Provincial para a Promoção do Emprego e Fomento do Empresariado.

08/04/2021  Última atualização 09H55
© Fotografia por: DR
Miguel Periquito Calei Gime procedeu, ontem, na cidade do Sumbe, ao balanço dos resultados até aqui obtidos, tendo avançado que os financiamentos desembolsados resultam da operacionalização do Programa de Apoio ao Crédito (PAC), por via dos bancos comerciais na província.

Os municípios do Sumbe e Quibala tiveram, no ano passado, duas empresas cada com financiamento aprovado, enquanto outras duas na Cela (Waku Kungo) e Cassongue foram beneficiadas também com crédito do Prodesi, mas já este ano.

Este ano, avançou o responsável, 18 cooperativas agrícolas na província apresentaram pedidos no quadro do Alívio Económico, dos quais 16 foram aprovados e outros dois estão em análise. Dos projectos aprovados, 14 já receberam os respectivos desembolsos no valor de 390 milhões de kwanzas.

As empresas com projectos apoiados distribuem-se pelos municípios da Quibala (2), Cassongue (2), Ebo (3), Sumbe (4), além da Conda, Amboim e Cela com uma cooperativa cada.Dados da província indicam que cerca de 462 pedidos de apoio foram submetidos. Todavia, estão desactivados pelo sistema de cadastro do portal 285, por não se enquadrarem nos objectivos do Prodesi e falta de resposta às tentativas de contacto.

Activos estão 167 pedidos, 84 dos quais transitaram para a fase de selecção em função dos objectivos de cada projecto, onde 18 projectos foram encaminhados para a fase de criação do dossier de crédito. Houve ainda a desistência de 10 projectos por iniciativa dos respectivos promotores.Miguel Gime explicou que, desde o lançamento do Prodesi, a província do Cuanza-Sul procedeu à validação de 42 pedidos, 23 dos quais ligados à agropecuária, designadamente fazendas, cooperativas e operadoras de comércio e distribuição.

O Cuanza-Sul tem cadastrados no registo do Portal Nacional 284 produtores e equipas nos 12 municípios para apoiarem o processo de cadastramento directo no portal ou indirecto, através do preenchimento de fichas disponíveis nos gabinetes municipais, para divulgar os tipos de produtos, qualidade e quantidades produzidas.
 

Víctor Pedro|Sumbe

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Mundo

Opinião

Política