Sociedade

Divina Providência beneficia de material de biossegurança

O Hospital Divina Providência, no município do Kilamba Kiaxi, em Luanda, beneficiou, ontem, de material de biossegurança, doado pelo grupo empresarial Premier Bet Angola.

28/02/2021  Última atualização 13H09
Material de biossegurança © Fotografia por: DR
A doação, entregue pelo director-geral do grupo, Hussein Achi, é composto por 1.250 batas e 19.400 luvas cirúrgicas. "Os países africanos estão a se ressentir dos efeitos da pandemia. Mas, apesar disso, têm tido sucesso no combate, graças o empenho das equipas médicas, que estão na linha da frente", disse, destacando as medidas adoptadas por Angola no sentido de controlar a doença.
"Medidas como quarentenas, encerramento de fronteiras, evitaram que Angola tivesse um grande número de casos de Covid-19”, lembrou.

Por seu turno, o director administrativo do Hospital Divina Providência, Daniel Gobbo, considerou "fundamental” a doação e admitiu que o hospital já registava escassez de luvas e batas cirúrgicas. "Espera que apareçam outros grupos empresariais com iniciativas do género”, apelou.
A Premier Bet Angola é um dos operadores de jogos da sorte. A entrega da doação foi testemunhada por técnicos do Instituto Angolano de Supervisão de Jogos e responsáveis da Administração Municipal do Kilamba Kiaxi.

Alberto Quiluta

Jornalista

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Mundo

Opinião

Política