Política

Estrada de Caxito a Nambuangongo entra em obras de reabilitação

O Presidente da República, João Lourenço, autorizou recursos para a retoma, de imediato, da estrada que liga Caxito ao município do Nambuangongo, na província do Bengo, informou, ontem, o ministro das Obras Públicas e Ordenamento do Território, Manuel Tavares de Almeida.

11/06/2021  Última atualização 08H22
© Fotografia por: Dombele Bernardo | Edições Novembro| Bengo
Este troço é motivo de preocupações da população local em tempo de chuvas. A estrada entre Caxito, Caiengue, Onzo e Muxaluando constitui um eixo fundamental para o escoamento dos produtos agro-pecuários do campo para a cidade, já que Nambuangongo é um município potencialmente agrícola e um dos principais produtores da banana.

A partir da cidade de Caxito, quem se desloca até Nambuangongo tem nos buracos a primeira contrariedade. Atendendo o período chuvoso, os cuidados devem ser redobrados em função dos riscos.
Com uma extensão de cinco mil e 603 quilómetros quadrados, o município do Nambuangongo tem 61 mil e 24 habitantes, maioritariamente camponeses. As comunas daquele município são o Muxaluando, Kixico, Kincunzo, da Zala, do Gombe, Cage Mazumbo e Canacassala.

Encontro com a sociedade civil

O Presidente João Lourenço teve, ontem, em Caxito, encontros separados com membros da sociedade civil, com os quais abordou questões de âmbito social e económico que afligem a região.

Em declarações à imprensa, no final do encontro, o empresário Carlos Gomes, em representação desta classe no Bengo, informou que a ocasião serviu para falar dos problemas que estes enfrentam para o desenvolvimento industrial local.
Carlos Gomes explicou que as sugestões apresentadas ao Titular do Poder Executivo foram levadas em consideração e terão soluções imediatas.

Por seu lado, a reverenda Lurdes de Almeida, da Igreja Metodista, apresentou algumas inquietações, com realce para questões ligadas à falta de transportes públicos e a reabilitação de estradas.
O Príncipe do município dos Dembos (autoridade tradicional), António Salvador, referiu-se à disposição do Presidente João Lourenço em ajudar a ultrapassar algumas situações que afectam as comunidades, sobretudo as relacionadas com a distribuição de água potável, saúde e ensino, que inquietam as populações de Nambuangongo, Dembos, Pango Aluquém e Bula Atumba.


O Chefe de Estado recebeu, também, o representante do Conselho Provincial da Juventude, Amaro Jorge, que expôs questões ligadas à formação, habitação e emprego, que afligem os jovens da província.
O Presidente da República, que se faz acompanhar por vários membros do Executivo, realiza, desde a manhã de ontem, uma visita de trabalho de dois dias à província do Bengo.

Hoje, antes de regressar a Luanda, João Lourenço, vai presidir a uma reunião do Conselho de Governação Local, órgão que auxilia o Presidente da República na formulação e no acompanhamento da execução das políticas de governação da Administração do Estado a nível local.
Ainda ontem, o Presidente da República presidiu a uma reunião com as autoridades da província do Bengo, durante a qual recebeu informações sobre a região e as suas perspectivas.

Durante o encontro, a governadora Mara Quiosa fez a apresentação da província do Bengo, referindo aspectos relacionados com infra-estruturas, pesca, economia, saúde, comunicação, ambiente, entre outros.


César Esteves  e Guimarães Silva | Caxito

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política