Sociedade

Executivo quer cidadãos mais bem informados

O ministro das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social, Manuel Homem, reiterou, ontem, na cidade de Caxito, província do Bengo, a estratégia do Executivo de levar a informação mais perto do cidadão, através da extensão do sinal da Televisão Pública de Angola (TPA) e da Rádio Nacional de Angola (RNA), bem como do aumento da circulação do Jornal de Angola.

28/02/2021  Última atualização 12H37
Manuel Ministro Manuel Homem visitou os órgãos de Comunicação Social e outras empresas de tutela © Fotografia por: Edmundo Eucílio | Edições Novembro | Bengo
Manuel Homem anunciou, ainda para este ano, a cobertura total do sinal da TPA, que hoje chega a cinco dos seis municípios. Quanto à RNA, já é possível ouvir em toda a província, enquanto o Jornal de Angola precisa melhorar a circulação.
O governante visitou os órgãos de tutela para identificar as dificuldades que a Comunicação Social no Bengo enfrenta. "A TPA já cobre cinco dos seis municípios que compõem aquela região”, disse o ministro das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social, sublinhando que, num espaço de meses, vai ser possível ultrapassar a questão da cobertura.

Quanto ao sinal da rádio, Manuel Homem disse apenas necessitar de melhorar para que em algumas regiões chegue em perfeitas condições. O ministro afirmou que a RNA está a implementar o programa de modernização da rede de emissão, fundamental no melhoramento da qualidade.
Manuel Homem disse, por outro lado, que algumas dificuldades do sector da Comunicação Social na província do Bengo foram resolvidas na hora, como questões de materiais de trabalho, e as demais vão ser ultrapassadas a seu tempo, para o melhor desempenho dos profissionais.

O ministro teve um encontro com a governadora provincial, Mara Quiosa, e visitou as instalações da ANGOP, Edições Novembro, RNA e TPA, além da Angola Telecom, Correios de Angola, Instituto Nacional de Fomento da Sociedade de Informação (INFOSI) e Instituto Nacional de Meteorologia e Geofísica (INAMET) na localidade dos Paranhos.
O ministro fez-se acompanhar dos presidentes dos Conselhos de Administração da Agência Angola Press (ANGOP), Edições Novembro, Rádio Nacional de Angola, Televisão Pública de Angola (TPA) e da Angola Telecom e dos directores do Inamet e do INFOSI.

Alfredo Ferreira | Caxito

Jornalista

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Mundo

Opinião

Política