Cultura

Feira de Leitura expõe mil livros em Benguela

Um total de mil obras literárias, das quais 200 infanto-juvenis, estiveram expostas, no último fim-de-semana, na Feira de Leitura a Céu Aberto realizada no Jardim da Cultura, na vila da Catumbela, numa iniciativa da FK Eventos.

12/01/2021  Última atualização 18H31
Iniciativa da FK Eventos teve uma grande adesão de jovens © Fotografia por: Edições Novembro
A inauguração da feira, que visou saudar o 8 de Ja-neiro, Dia Nacional da Cultura, comemorado na sexta-feira, teve a presença do administrador municipal da Catumbela, Fernando Antunes Belo. O evento contou com o apoio da Administração Municipal da Catumbela, da Associação Literária e Cultural de Angola (ALCA), da Soba da Catumbela, Refrigerante Top e restaurante Forte.

Félix Kibeka, director da FK Eventos, empresa vocacionada para actividades culturais, disse ao Jornal de Angola que o evento foi um sucesso, apesar das restrições provocadas pela pandemia da Covid-19. "Nesses três dias, conseguimos juntar num só espaço um número considerável de crianças e adultos que leram diversas obras.
O objectivo foi atingido, porquanto deu para percebermos o nível de adesão de pessoas e, consequentemente, o gosto pela leitura”, sustentou. O também professor de Língua Inglesa no Instituto Médio Politécnico do Lobito  acrescentou que a intenção passa por estender a actividade aos demais municípios da província de Benguela, precisando para o feito da parceria das autoridades administrativas locais.
 "Sem a assistência material das autoridades administrativas locais é difícil realizar iniciativas do género. Os apoios institucionais são bem-vindos, porém em actividades desta natureza precisa-se de transporte, alimentação e valores que rondam os 150 mil kwanzas por cada evento, para alavancar a cultura é um gasto que julgamos necessário fazer”, confessou.
Vocacionada para actividades culturais, a FK Eventos está há dois anos no mercado literário em Benguela.  

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Mundo

Opinião

Política