Desporto

Filipe Cruz recomenda respeito e rigor no CAN

O respeito pelo adversário e o rigor na abordagem, em todos os jogos, são as metas traçadas pelo seleccionador nacional, Filipe Cruz, visando a disputa da 24ª edição do Campeonato Africano das Nações (CAN) em andebol sénior feminino, com palco em Yaoundé, Camarões.

07/04/2021  Última atualização 13H30
Técnico da Selecção Nacional assume candidatura ao título © Fotografia por: DR
Relativamente ao sorteio, onde Angola figura no Grupo C, com as similares  da Argélia, Congo e Cabo Verde, o técnico sublinhou que no decorrer da prova a equipa vai se preocupar em deixar a sua marca. "Somos crónicos candidatos ao título, logo não pode ser diferente. Quanto ao sorteio, não temos muitas escolhas. Não existem grupos fáceis, são todos equilibrados. Somos cabeça de Série. Argélia e Congo disputam o africano com regularidade e têm os objectivos bem definidos”, explicou.

Tunísia, Senegal, Guiné Conacry e Madagáscar completam o Grupo A, Congo Democrático, Camarões, Nigéria e Quénia, o B. O "sete” nacional volta a concentrar-se a 30 de Maio para o segundo ciclo de preparação, já com a inclusão das atletas que militam no estrangeiro. Na segunda etapa, está prevista a realização de um estágio pré-competitivo na França. "Caso não seja possível, vamos optar por um plano B, pois, por causa da Covid-19 pode haver alterações”. 

Teresa Almeida " Bá”, Paulina Silva e Eliane Paulo (guarda-redes), Ruth João e Liliana Venâncio (pivôs), Vilma Neganga, Helena Paulo, Marília Quizelete (centrais), Juliana Machado e Natália Kamalandua (pontas direita), Vilma Silva, Natália Bernar-do e Dalva Perez (pontas esquerda), Wuta Dombaxi, Joana Costa e Dolores Rosário (laterais direita), Vera Kiala e Magda Cazanga (laterais esquerda) foram as jogadoras convocadas na primeira etapa.   

Teresa Luís

Jornalista

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Mundo

Opinião

Política