Política

França quer reforçar parceria na Educação

Edivaldo Cristóvão

Jornalista

O Governo da França pretende reforçar a cooperação com Angola nos domínios da Educação, Formação Profissional, Saúde, Juventude e Desportos, disse, ontem, em Luanda, o embaixador daquele país, Daniel Vosgien.

10/06/2021  Última atualização 05H55
© Fotografia por: DR
O diplomata foi recebido, ontem, em audiência, pela ministra da Juventude e Desportos, Ana Paula de Sacramento Neto. No encontro foram abordados assuntos sobre a igualdade de género e as condições sociais da juventude, propostas que serão remetidas em memorando pelo governo francês.

Ana Paula Sacramento Neto esclareceu que a visita de cortesia do embaixador da França serviu, também, para falar de alguns projectos que já estão em curso no país, concretamente os apoios que têm sido feitos na Federação Angolana de Basquetebol e em meninas.

"Estamos à espera que a Embaixada da França remeta o memorando de intenções para depois evoluir num acordo entre as instituições da Juventude e Desportos de Angola e a Educação da Juventude e Desporto de França”, disse a ministra. O embaixador garantiu que a França tem intenção de reforçar a cooperação bilateral com Angola em todos os domínios.
Segundo o diplomata, a França pretende garantir a juventude maior acesso à Saúde, aos serviços essenciais públicos, formação profissional entre outros.

Referiu que o grande objectivo é contribuir para que a inserção dos jovens na sociedade seja cada vez mais efectiva, fundamentalmente para as mulheres.

Neste momento, a Embaixada da França e a Agência de Desenvolvimento apoiam a massificação do basquetebol feminino, que teve início no município do Cazenga, para um período de dois anos.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política