Sociedade

Governo aposta no reforço da merenda nas escolas

Mazarino da Cunha

Jornalista

O Ministério da Educação pretende, nos próximos meses, desenvolver uma política alimentar e de saúde escolar, admitiu, ontem, em Luanda, o secretário de Estado para a Educação Escolar e Ensino Primário.

09/06/2021  Última atualização 09H34
© Fotografia por: DR
Pacheco Francisco, que falava na abertura do seminário sobre Merenda Escolar, referiu que a concretização da política alimentar e saúde escolar no ensino primário vai permitir o desenvolvimento cognitivo sustentável das crianças.
A implementação da política alimentar e saúde escolar, frisou o secretário de Estado, além de promover e fortalecer a nutrição dos alunos, visa incentivar o consumo de produtos locais e saudáveis.

Pacheco Francisco afirmou que a merenda escolar traz vários benefícios, como o aumento do índice de matrícula, assimilação dos conhecimentos transmitidos, assiduidade e pontualidade por parte dos alunos.

O Projecto Política Alimentar e Saúde Escolar, disse Pacheco Francisco, foi realizado com base num estudo denominado "Abordagem de Sistema para Melhores Resultados da Educação",  com o apoio do Programa Alimentar Mundial (PAM), Banco Mundial e o consórcio  Partnership for Children Development.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Sociedade