Coronavírus

Guiné-Bissau começa vacinar em 3 de Abril

O secretário do Alto Comissariado para a Covid-19 da Guiné-Bissau, Plácido Cardoso, disse ontem que estão a ser criadas "todas as condições" para que a vacinação contra o novo coronavírus arranque oficialmente em 3 de Abril.

30/03/2021  Última atualização 08H51
© Fotografia por: DR
"Todas as condições estão a ser criadas. Amanhã (hoje) vai começar a formação dos agentes de vacinação", anunciou o médico guineense. O início da campanha de vacinação começa em 2 de Abril com  profissionais da Saúde, mas oficialmente a campanha só é lançada no dia seguinte.
Plácido Cardoso falava na conferência de imprensa semanal sobre a evolução da pandemia provocada pelo novo coronavírus no país.

A Guiné-Bissau regista um total acumulado de 3.634 casos, incluindo 61 vítimas mortais.  Actualmente, há 627 casos activos no país e a taxa de letalidade é de 1,7.
Na última semana foram registados 66 novos casos de Covid-19 no país, mas Plácido Cardoso salientou que "há uma greve na Função Pública que tem tido repercussões na testagem".

O Sector Autónomo de Bissau continua a ser a região do país com mais números de casos e mortos e os bairros da capital mais afectados são o Bandim, Antula, Bairro Militar, Cuntum e Praça.
Nas declarações aos jornalistas, o médico guineense recordou que a luta contra a Covid-19 é uma "responsabilidade" de todos.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Coronavírus