Mundo

Guterres vai continuar a frente das Nações Unidas

O português António Guterres vai ser reconduzido para novo mandato de cinco anos (2022-2026) a frente das Organização das Nações Unidas.

09/06/2021  Última atualização 19H28
© Fotografia por: DR

O actual secretário-geral, nas funções desde Outubro de 2016, é candidato único à reeleição, tendo, para o efeito, merecido a confiança dos membros, após cumprir mandato, que em concreto termina no final deste ano.

O primeiro-mimistro de Portugal, António Costa, na terça-feira, 8, interrompeu uma reunião do Governo para dar conta do facto.

Portugal já havia manifestado em Fevereiro o seu apoio à continuidade de António Guterres.


Embora ainda não tenha feito um pronunciamento oficial, Angola também apoia António Guterres e tem sido na política internacional um braço de apoio ao mandato do antigo-primeiro português, que também já foi Alto-Comissário das Nações Unidas para os Refugiados, posto que o lançou para a actual posição.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Mundo