Desporto

Há grandes duelos neste fim-de-semana

As atenções do mundo do mundo do futebol vão, a partir de hoje e durante exactamente um mês, virar-se para o futebol de selecções e para as emoções do EURO'2020.

11/06/2021  Última atualização 05H40
Selecção alemã é uma das candidatas ao título europeu © Fotografia por: DR
A prova arranca hoje, com o Itália-Turquia, que abre o apetite para os grandes espectáculos que, certamente, farão as delícias de todos aqueles que vibram com a emoção do desporto e com a incerteza dos resultados.


Entre os muitos jogos de crescer água na boca, já amanhã seremos contemplados com um frente a frente entre uma das selecções apontadas como favorita à conquista do troféu, a Bélgica e a Rússia. O encontro tem pontapé de saída marcado para as 20h00, em São Petersburgo.


Este será o oitavo embate da história entre os dois países (desde que a Rússia se tornou num estado independente, após o desmembramento da URSS) e os russos nunca venceram. Registaram-se cinco vitórias da Bélgica e dois empates. As duas selecções estiveram mesmo no mesmo grupo de apuramento para o EURO'2020 e os belgas levaram a melhor em ambos, vencendo por 3-1 em casa e goleando por 4-1 precisamente em São Petersburgo, local que vai acolher o embate de amanhã.
 Além disso, a Bélgica só por uma vez ficou em branco ante a Rússia. Foi precisamente no primeiro embate entre ambas, em 1996, num amigável que terminou 0-0.



O momento de forma também faz a balança pender para o lado dos belgas: os 'Diabos Vermelhos' não perdem há nove jogos, nos quais somaram sete vitórias e dois empates. Desde 2019, a Bélgica só conheceu por uma vez o sabor da derrota. Já a Rússia só venceu três dos últimos 13 jogos que disputou no conjunto de todas as competições. É, pois, natural que  os belgas sejam favoritos. Conseguirá a Rússia tirar partido do factor casa para o contrariar?


Para domingo, a partir das 14h00, está marcado um dos encontros mais aguardados da primeira jornada da fase de grupos, com a Inglaterra a receber a Croácia para o Grupo D em Londres, no Estádio de Wembley. Os três embates entre ingleses e croatas resultaram nos três resultados possíveis: um triunfo para cada lado, e um empate. Ao todo, as duas selecções mediram forças por dez ocasiões, tendo a Inglaterra ganho cinco e a Croácia três. Curiosamente, os dois empates registados foram, ambos, sem golos.



( No já longínquo ano de 1996 e, mais recentemente, em 2018, no penúltimo confronto entre ambas).
A Croácia não venceu nenhum dos dois últimos jogos de preparação que efectuou para este EURO (derrota com a Bélgica e empate com a Arménia) e os vice-campeões mundiais têm estado longe do seu melhor nos últimos tempos: nos nove jogos mais recentes que disputaram, só ganharam duas vezes e perderam cinco. Já a Inglaterra, em 2021 só sabe ganhar: cinco jogos, cinco vitórias. Irá somar o sexto triunfo do ano?


Também domingo, mas a partir das 20h00, a contar para o Grupo C, é a vez de outro anfitrião, Países Baixos, entrar em cena com um embate com a Ucrânia em Amesterdão. As duas selecções só se defrontaram por duas vezes no passado e o mais recente desses confrontos foi há mais de dez anos. O registo é de uma vitória para os Países Baixos e um empate.


Os holandeses entram neste EURO vindo de uma série de quatro jogos sem perder (três vitórias e um empate) e não ficam em branco há nove jogos. Nas últimas dez partidas só perderam uma vez. Quanto à Ucrânia, ainda não perdeu em 2021: seis jogos, duas vitórias e quatro empates. E também marcou nesses seis jogos, pelo que poderemos esperar contar com golos neste embate.
Continuam, pois, a ser muitos os motivos de interesse ao longo dos próximos dias à espera de quem vibra com o futebol.  

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Desporto