Política

Índia poderá retomar exportações da AstraZeneca até Junho

A maior empresa fabricante de vacinas do mundo, com sede na Índia, anunciou que poderá reiniciar as exportações do fármaco desenvolvido pela AstraZeneca até Junho, se as novas infecções de Covid-19 diminuírem no país.

06/04/2021  Última atualização 17H05
Numa entrevista à agência Associated Press, o líder da Serum Institute of Índia, Adar Poonawalla, advertiu que um aumento continuado de novos contágios com o novo coronavírus no seu país pode resultar em novos atrasos nas entregas das vacinas.

A empresa é um fornecedor importante do programa Covax, apoiado pelas Nações Unidas, que visa distribuir vacinas de forma equitativa no mundo.
A 25 de Março, o Covax anunciou um sério revés no seu fornecimento de vacinas, quando um aumento nos casos de covid-19 na Índia obrigou o Serum Institute of India a dar uma resposta às necessidades internas, que resultou num atraso nas remessas globais de até 90 milhões de doses.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Mundo

Opinião

Política