Sociedade

Jovem mata tio

Um indivíduo de 27 anos é acusado de matar à paulada o seu tio, de 64 anos, durante o fim-de-semana, no município de Caluquembe, província da Huíla, acusando-o de feiticeiro.

03/03/2021  Última atualização 11H31
© Fotografia por: DR
A informação foi avançada, segunda-feira, à Angop, no Lubango, pelo  director provincial do Gabinete de Comunicação Institucional e Imprensa da Polícia Nacional, inspector José Chimuco, acrescentando que o crime ocorreu na aldeia de Kahindje, na comuna da Negola, a 78 quilómetros da sede municipal.
Detalhou que o facto ocorreu às 22 horas de domingo e, de acordo com testemunhas, a vítima, depois de ouvir barulho no seu curral, ao sair para saber o que se passava encontrou-se com o acusado, que desferiu-lhe um golpe com um pau na região craniana, causando-lhe morte imediata.

O acusado está detido e será nos próximos dias presente a um procurador, para definição da medida de coacção.
José Chimuco destacou, também, a ocorrência de outro homicídio, no domingo, de um menor de nove anos, praticado pelo amigo da mesma idade, no município da Chibia, quando estavam no pasto. Referiu que o crime ocorreu quando o acusado pediu água ao amigo, que ao recusar gerou discórdia.
Explicou que a criança, inconformada com a recusa, arremessou um pão que atingiu a vítima na região facial e dada a gravidade dos ferimentos o menor não resistiu e morreu dois dias depois.
Fez saber que a polícia tem a criança sob custódia, para o fazer presente ao Julgado de Menores.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Mundo

Opinião

Política