Cultura

Kyaku Kyadaf conta a história do Reino do Kongo em musical

A história de glória e declínio do Reino do Kongo e da antiga capital dos reis, Mbanza Kongo, vão ser apresentados este sábado, a partir das 16h00, no Royal Plaza, em Luanda, em musical na voz de Kyaku Kyadaf, em mais uma edição do projecto “Show do Mês Live Hospitality”.

08/04/2021  Última atualização 10H00
Músico apresentar alguns temas que o tornaram uma referência da kizomba nacional © Fotografia por: Contreiras Pipa | Edições Novembro
O espectáculo, cujo guião musical inclui, também, sucessos do músico como "Bibi”, "Entre 7 e 7 Rosas”, "Mónica”, "Portas da Fé”, "Prazer Quebrado”, "Se Hunguile”, "Sorry Sorry Baby”, "Kilamba” e "Mazakelele”, tem  transmissão televisiva pela TPA 2 e Internacional, assim como nas plataformas digitais.Nos ensaios, a Banda Show do Mês, onde despontam nomes como Teddy Nsingui (solo) e Xico Santos (tambores), tem feito de tudo, sob a direcção artística de Benny Makanzo (teclados), para dar um espectáculo à altura dos fãs.

Para este espectáculo, a organização convidou ainda os instrumentistas Sankara (guitarra), Kappa D (baixo), Jack (bateria), Alexandre (percussão) e o trio Chinguma, Eufraim La Trompa e o cubano Rigoberto (metais). O coro está sob a responsabilidade de Raquel Lisboa. A produção e o artista não revelaram o nome do músico convidado, mas garantem que é descendente do Reino do Kongo.A equipa de produção da Nova Energia está a montar o concerto na Brasom, a nossa reportagem testemunhou os acertos para uma viagem musical à história do Reino do Kongo.
 Apesar de nos ensaios temas tradicionais no estilo Kikongo serem de forte evidência, o músico disse que não vai descurar os de kizomba, com os quais conseguiu obter visibilidade no mercado. A intenção, revelou, é fazer uma viagem em torno da sua musicalidade. Natural de Mbanza Kongo, o músico tem dois álbuns no mercado, "Se Hungwele” e "Igual ao Prazer”. Formado em Psicologia, é professor universitário e já conquistou vários prémios, com destaque ao Top dos Mais Queridos, em 2018, e a V edição do African Music Magazine Awards and Music Festival. 

Analtino Santos

Jornalista

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Mundo

Opinião

Política