Cultura

Luís Kandjimbo apresenta livro de poemas na UEA

A União dos Escritores Angolanos (UEA) apresenta hoje, às 16h30, o livro de poemas “A estrada da secura”, uma obra poética de Luís Kandjimbo, no âmbito da celebração do dia mundial da poesia, que se assinala a 21 deste mês.

03/03/2021  Última atualização 08H00
Escritor apresenta hoje o seu primeiro poemário de 1995 © Fotografia por: José Soares | Edições Novembro
O primeiro poemário de Luís Kandjimbo, menção honrosa do prémio Sonangol de Literatura, em 1995, terá  apresentação do escritor Lopito Feijóo.
"A estrada da secura”, de acordo com o autor, "é um livro totalmente escrito em Benguela e reflecte o meu estado de espírito, durante o período mais longo que permaneci na terra natal, após uma década de ausência, em que conheci várias províncias do país e alguns países do mundo.

Por isso, está profundamente marcado pela desolação a que me sujeitei, sofrendo privação de liberdade, observando trágicos acontecimentos e os mais perversos comportamentos das mulheres e dos homens, sob o peso predador que devorava a paisagem e a geografia do lugar onde nasci e cresci.”

Luís Kandjimbo nasceu em Benguela em 1960. Poeta, ensaísta e crítico literário, é membro da União dos Escritores Angolanos e da Associação para o Estudo das Literaturas Africanas de Paris (APELA).
Além da participação em congressos, colóquios e conferências internacionais, tem colaboração dispersa em diversas publicações angolanas e estrangeiras (Alemanha, Áustria, Brasil, Espanha, Estados Unidos, França, Moçambique, Nigéria e Portugal), publicou, entre outros, os livros "Apuros de Vigília” (Ensaio e Crítica), "Apologia de Kalitangi” (Ensaio e Crítica), e "A Estrada da Secura” (Menção honrosa do Prémio Sonangol de Literatura).

O Dia Mundial da Poesia celebra-se a 21 de Março e a 20 de Outubro o Dia do Poeta, criados na XXX Conferência Geral da UNESCO em 16 de Novembro de 1999. O propósito deste dia é promover a leitura, a escrita, a publicação e o ensino da poesia através do mundo.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Mundo

Opinião

Política