Sociedade

Ministra entrega medicamentos contra a malária

A ministra da Saúde, Sílvia Lutucuta, entregou ontem, no Lobito, província de Benguela, grandes quantidades de medicamentos e testes rápidos para facilitar o diagnóstico e tratamento da malária e outras doenças.

09/06/2021  Última atualização 11H15
© Fotografia por: DR
Segundo a ministra, citada pela Angop, Benguela é uma província endémica em termos de malária,  por isso, decidiu-se fazer um diagnóstico para reduzir a pressão nas unidades de referência.


Pretende-se que os pacientes saiam do hospital já com os medicamentos, ao invés de andarem com as receitas à procura da medicação. "Trouxemos parte dos medicamentos em dois contentores de 40 e 20 pés e outra parte veio de avião. Além disso, está prevista a chegada de outros lotes com analgésicos, anti-inflamatórios e anti-piréticos para outras doenças", assegurou a ministra. Sílvia Lutucuta disse ter encontrado a população pediátrica bastante afectada, sublinhando que o Ministério da Saúde está a trabalhar num plano de contingência para combater a malária.


Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Sociedade