Desporto

Morreu professor André Quitongo

O desporto angolano, em particular o atletismo, está de luto pela morte, aos 66 anos, de André Tavares Quitongo, professor de educação física, treinador e mentor no exercício da modalidade, ocorrido na madrugada de ontem por doença numa unidade hospitalar, em Luanda.

23/02/2021  Última atualização 11H51
Antigo especialista nos 400 e 800 de provas de fundo © Fotografia por: DR
Em reacção ao infortúnio, o presidente da Federação Angolana da modalidade, Bernardo João, disse, ontem, ao Jornal de Angola, que "o país perde um grande ícone do atletismo, uma pessoa alegre, estudiosa e de trato fácil e simples".
Durante o tempo em que conviveu com o professor, conta, "sempre se mostrou preocupado com a preservação e divulgação do atletismo nacional”, em especial nas décadas de 1980, 1990 e até a hora do seu desaparecimento físico.

Entre as várias recordações que tem do convívio com André Quitongo, lembra o facto de estarem sempre juntos na preparação das selecções nacionais, em estágios, treinamentos e competições no país e no exterior. Desde aos 14 anos de idade, teve a oportunidade de trabalhar com "o agora malogrado" no Instituto Médio Normal de Educação Física "major Saidy Mingas" (INEF).
Sublinhou igualmente que, naquela época, em Rabat, Marrocos, o atleta Antunes Santos conquistou uma medalha de ouro, fruto da pessoa incontornável e simples que foi André Quitongo pelo desempenho, esforço e dedicação em melhorar o atletismo. O seu posicionamento sempre foi no sentido de se alcançar vitórias nas competições internacionais.

Consternado com a morte, Bernardo João lembrou que o antigo atleta do Sporting de Luanda e mentor do atletismo também exerceu o cargo de director do INEF, no qual se formaram os professores Ginja, Quim, Gertrudes Sepúlveda, Chiquinha, Mariano de Almeida, Nelson Catito e Apolinário Paquete.  Quitongo foi especialista nos 400 e 800 metros. A editoria desportiva do Jornal de Angola endereça os sentimentos de pesar à família enlutada.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Mundo

Opinião

Política