Gente

O outro lado da Gente

Augusto Filipe Lumingo Ivo é um nome anónimo para muitos. Licenciado em Gestão de Recursos Humanos e empreendedor, é uma das referências a nível do ensino universitário na cidade de Cabinda. É o melhor estudante da Universidade Lusíada de Cabinda entre os anos 2016-2019.

17/01/2021  Última atualização 14H32
Augusto Filipe Lumingo Ivo © Fotografia por: Edições Novembro
Nome: Augusto Filipe Lumingo Ivo.
Data de nascimento: 2 de Abril de 1997.
Naturalidade: Cabassango-Cabinda.
Filiação: Joaquim Paulo Ivo e Ana Maria Wola Lumingo Ivo.
Calçado: 42.
Ocupação: Estudante universitário e empreendedor.
Estado civil: Solteiro.
Filhos: Não tenho.
Sonhos: Contribuir significativamente para a redução da taxa de desemprego.
Sente-se realizado? Não.
Tem carro próprio? Não.
E casa? Não.
Como se veste de segunda à sexta-feira? Roupa social.
E aos fins-de-semana? Roupa casual.
Faz uso de roupa de marca? Sim.
Cor preferida: Preta.
Qual é a marca de perfume que usa: Azzaro Wanted by Night.
Acredita em forças ocultas? Sim.
Alguma vez foi aliciado?
Não. Nunca dei oportunidade para tal.
Onde passa as férias? Normalmente em Luanda.
Cidade preferida: Nova Iorque - Estados Unidos da América (EUA).
Virtude: Humildade.
Defeito: Medo do sucesso.
Vício: Pesquisas sobre as novas tendências de empreender.
Livro: HUMANATOR XXI – Recursos Humanos e sucesso empresarial.
Escritores? Pedro B. Camara, Paulo Balreira Guerra e Joaquim Vicente Rodrigues.
Boa companhia? Família e amigos.
Músicos: CFKappa e Euclides da Lomba.
Comida: Sacafolha de feijão, prato típico da região de Cabinda, feito de kizaca com feijão.
Bebida: Água.
Sabe cozinhar: Infelizmente não.
É ciumento: Muito.
Desporto: Futebol.
Clube: FC Barcelona - Espanha.
Alguma vez mentiu? Sim.
Já foi enganado? Várias vezes.
Ano que mais o marcou: 2020.
Porquê: Passei os piores momentos da minha vida, mas também foi o ano mais impactante da minha carreira estudantil por receber das mãos do vice-governador da província de Cabinda o diploma de melhor estudante da minha universidade (promoção 2016-2019).
Deputado ou  ministro  qual dos dois cargos escolheria? Optaria por escolher o cargo de ministro.
Porquê: Maior facilidade de realizar os meus sonhos de reduzir significativamente a taxa de desemprego, principalmente, se ocupar o cargo de ministro do Trabalho e Segurança Social.
O que achada corrupção? Atrasa o progresso de um país.
Homossexualidade: Nada contra.
Poligamia: Sou contra.

António de Brito

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Mundo

Opinião

Política