Opinião

03/04/2021 Última atualização 06H15
Opinião

O grande amor

Depois de desmanchar o namoro com Celestino, Cristina, mulher de requintada estrutura corporal capaz de atiçar o apetite libidinoso de qualquer malandro dos musseques e não só, casou-se com um jovem conhecido apenas como filho vizinho do Ranger Rover, na altura, carro de difícil circulação nos subúrbios de Luanda.

03/04/2021 Última atualização 06H10
Opinião

Perfume de pão

Na Vila Alice tem uma padaria que vende do bom pão. Ao lado tem um barengue onde vão muitos dos grandes copofonistas da banda e mártires da solidão doméstca varrer da boa sopa, chouriço assado, dobradinha com feijão, carapau grelhado e outras iguarias de fazer inveja ao sultão do Barhein, porque lá tem dois finos de barril, um da loira e outro da cerveja preta que é uma coisa de encher o coração de paz e concórdia universal. Mas como disse, o meu tema hoje é o pão quente.

02/04/2021 Última atualização 11H25
Opinião

Somos a mesma tribo

Cumpre-se hoje o Dia de reflexão no processo eleitoral da Associação de Imprensa Desportiva de Angola- AIDA.

02/04/2021 Última atualização 07H55
Opinião

A regulação dos medicamentos

A produção de medicamentos, a entrada para o mercado ou via farmácias de remédios nacionais ou importados precedidos de controlo por parte de entidades competentes que, entre outros fins, ajudariam no estabelecimento de regras e padrões para Angola, passou a constituir um vazio que precisava de ser preenchido.

02/04/2021 Última atualização 07H00
Opinião

O processo de reformas só está ainda no início

No longo percurso que tem de fazer para reformar o Estado, Angola tem de prestar particular atenção ao sector da Justiça. Para o nosso caso, em concreto, reformar o Estado não significa apenas introduzir alterações de fundo na estrutura e no modo de funcionamento da Administração Pública.

02/04/2021 Última atualização 07H00
Opinião

Rica cultura africana

Quando se fala da contribuição do Continente Africano à economia mundial, pensa-se logo em recursos naturais. Vi há dias um clipe no Facebook em que uma figura de peso nos Emirados Árabes Unidos diz que a Nigéria tem tudo, em termos de recursos naturais, mas é muito mais pobre do que o seu país.

01/04/2021 Última atualização 09H01
Opinião

Proibido perder tempo

Este tempo que a grande maioria dos angolanos é obrigado a viver é demasiado curto para compensar o dos desocupados sem culpa de o ser, mas, também, daqueles que continuam a receber salários e mordomias sem os justificarem.

01/04/2021 Última atualização 08H59
Opinião

O Partido Comunista da China e a luta contra Covid-19

Em 25 de Março, através dos esforços concertados da China e de Angola, chegaram a Angola 200 mil doses de vacinas contra a Covid-19 da China.

01/04/2021 Última atualização 08H58
Opinião

A violência nas famílias

É inquestionável que só as leis não resolvem o problema da violência no seio das famílias, por muitas normas penais que contenham para inibir as pessoas da prática de ilícitos criminais.

31/03/2021 Última atualização 08H39
Opinião

O que se passa em Cabo Delgado?

A pandemia que mantém o mundo quase paralisado há mais de um ano parece ter-nos feito esquecer de que, apesar de tudo, a vida continua, com os seus momentos de normalidade e, por momentos, as suas pequenas alegrias, mas – sobretudo isso – com as suas iniquidades e os seus horrores. Um desses horrores é o conflito em Cabo Delgado, Moçambique.

31/03/2021 Última atualização 08H38
Opinião

Desmistificação de mitos coloniais

Gerald J. Bender foi um dos muitos investigadores que, não sendo português nem cidadão de nenhum dos países de língua oficial portuguesa, se debruçou sobre o luso-tropicalismo e os mitos que o fundamentam: o primeiro aspecto está ligado a um suposto bom colonialismo, através de hipotéticas relações de horizontalidade; e o segundo à ausência de racismo, trazendo, como exemplo, o Brasil:

31/03/2021 Última atualização 08H37
Opinião

A transformação dos resíduos sólidos

A economia angolana vai contar proximamente com mais um sec-tor produtivo, que pode aumentar o nosso Produto Interno Bruto não petrolífero.