Sociedade

Pagamento de energia com mais comodidade

A Empresa Nacional de Distribuição de Electricidade (ENDE-EP) conta, desde a semana finda, com um novo serviço de pagamento do consumo de energia eléctrica no sistema pós-pago, através dos terminais de pagamento automático (TPA).

22/11/2020  Última atualização 21H00
Um dos objectivos é diminuir as enchentes nas agências © Fotografia por: Edições Novembro
Segundo a ENDE, dados estatísticos demonstram a tendência crescente da procura da nova modalidade de pagamento no sistema pré-pago. Até Fevereiro, havia um registo em termos de adesão de 37,3%, números que cresceram para 62,6%, até Outubro.

Por seu turno, o segmento pós-pago foi o que registou maior incremento, com uma variação de 3,99% a 96,1% no período em referência.

De acordo com uma nota de imprensa da ENDE, divulgada pela Angop, a campanha comercial, inserida na estratégia da empresa para a modernização e inovação dos canais de atendimento e pagamento não presenciais, visa oferecer aos clientes e utentes, de modo geral, um serviço cada vez com maior comodidade, que facilite a vida e proporcione conforto às pessoas, gerando autonomia e evitando deslocações desnecessárias ou aturar filas de espera para aceder aos tradicionais balcões.

O presidente do Conselho de Administração da ENDE, Hélder Adão, referiu que o novo serviço resulta da necessidade de uma nova abordagem, de maior proximidade aos clientes, que neste tempo da pandemia não precisarão deixar o conforto das suas casas, nem tão pouco dos seus bairros, para pagar o consumo de energia eléctrica.

"É nossa meta que, num futuro próximo, os canais não presenciais se tornem na primeira opção dos clientes, facto que vai desafogar as lojas da ENDE, permitindo,desta forma, estarem mais focadas em outras tarefas, como contratação e facturação”, sublinhou, esclarecendo que decorre uma campanha de actualização da base de dados.

A plataforma de serviços não presenciais conta, actualmente, com quatro canais, nomeadamente ATM, Multicaixa Express, Internet Banking e agora os terminais TPA.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Mundo

Opinião

Política