Mundo

Papa expressa tristeza pelas mortes em Israel

O Papa Francisco manifestou ontem condolências a Israel pela tragédia resultante de uma debandada em massa que provocou 45 mortes nu-ma festa judaica na noite de quinta-feira.

03/05/2021  Última atualização 15H01
© Fotografia por: DR
"Com tristeza, exprimo a minha proximidade à população de Israel pelo incidente no Monte Merón, que causou a morte de 45 pessoas e inúmeros feridos. Garanto a mi-nha memória na oração pelas vítimas desta tragédia e pelas suas famílias", afirmou, depois de rezar a Regina Coeli, que substitui o Angelus na época da Páscoa.

A debandada aconteceu na quinta-feira no Monte Meron, na Galileia, onde cerca de 100 mil ultra-ortodoxos se reuniram para o feriado de Lag Baomer.
O Pontífice, da janela do Palácio Apostólico, também expressou preocupação com a situação na Birmânia (Mianmar), país que visitou em 2017, que está mergulhado no caos há três meses, após o golpe militar que acabou com a democracia.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Mundo