Sociedade

PIIM privilegia construção de escolas nas zonas periféricas

Duas escolas do ensino primário, com capacidade para acolher 330 alunos cada, vão ser construídas dentro dos próximos seis meses, nos bairros da Kizanga e Canâmbua, na cidade de Malanje, no âmbito do Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM).

06/02/2021  Última atualização 14H11
Escolas do ensino primário, com capacidade para acolher 330 alunos © Fotografia por: Edições Novembro
Trata-se das escolas nº149 da Kizanga e Pioneiro Zeca número nº138 da Canâmbua, com seis salas de aula cada, cujas obras foram lançadas segunda-feira última pelo administrador municipal de Malanje, João de Assunção.
As obras da escola primária da Kizanga foram adjudicadas a empresa "Comercial Ndala Nganga” e estão orçadas em 64 milhões de kwanzas. Os trabalhos vão durar quatro meses e gerar 25 empregos directos.

O soba da Kizanga, Mangoma Zeca, disse que a construção deste bem público vai ajudar a minimizar a carência de escolas do ensino primário e evitar que muitas crianças percorram longas distâncias para assistirem aulas em outras zonas da cidade de Malanje.
De acordo com a autoridade tradicional, cerca de 2.500 crianças encontram-se, actualmente, fora do sistema de ensino e aprendizagem.

A escola primária Pioneiro Zeca nº-138, no bairro da Canâmbua, a empreitada está a cargo da empresa " Joaquim dos Santos, e está orçada em mais de 83 milhões de kwanzas. A obra será executada em seis meses. O administrador municipal de Malanje, João de Assunção, disse que o PIIM, a nível de Malanje, privilegiou a construção de escolas, pelo facto das actuais infra-estruturas não ofereceram condições de segurança dos utentes.

Dos projectos, consta ainda a reabilitação de seis escolas primárias no município, das quais duas foram aprovadas e quatro estão em fase de análise pelo Ministério das Finanças. O administrador João de Assunção apelou aos empreiteiros para a necessidade do cumprimento escrupuloso dos prazos contratuais e espera que as obras tenham qualidades desejada para garantir a sua durabilidade.
O município de Malanje beneficiou de 17 projectos de âmbito central, provincial e municipal. Destes, apenas cinco estão em curso, estando os restantes na fase de avaliação a nível central.

Venâncio Victor | Malanje

Jornalista

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Mundo

Opinião

Política