Especial

Retrospectiva/2020: As economias do mundo tremeram

A economia mundial registou, em 2020, uma desaceleração no crescimento fruto dos impactos da pandemia da Covid-19. A nível nacional, prevê-se uma desaceleração da actividade económica de 3,6 por cento, segundo a docente e mestre em Contabilidade e Fiscalidade, Euriteca André.

31/12/2020  Última atualização 18H57
© Fotografia por: DR
Conforme disse, Angola encontra-se, actualmente, no quinto ano de recessão. Esta situação reflecte, principalmente, os efeitos da redução das exportações de petróleo que continuam a representar a maior fonte de receitas fiscais a nível nacional. As receitas petrolíferas registaram uma redução acentuada fruto da descida do preço do barril, que atingiu 21,4 dólares no início do segundo trimestre de 2020.
Para o empresário Raúl Mateus, é sabido que o ano de 2020 tem sido marcado pela Covid-19, o que gerou inúmeras dificuldades às famílias e empresas. Por esta razão, argumenta, o Executivo adoptou uma série de medidas de natureza económica que visam, fundamentalmente, reduzir o impacto negativo da Covid-19 e da prolongada crise económica.
Já o economista Fernando Vunge entende que o actual contexto mundial reflectiu de forma negativa nas economias. Angola, particularmente, sentiu esse choque devido à dependência ao petróleo, que representa 95% das exportações totais e perto de 70 da receita fiscal.

Victorino Joaquim

Jornalista

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Mundo

Opinião

Política