Mundo

Risco de perder um filho em África é cem vezes maior

Uma mãe em países africanos pobres tem cem vezes mais probabilidade de perder um filho que as mães num país desenvolvido, segundo uma investigação publicada no jornal médico online “BMJ Global Health”.

07/04/2021  Última atualização 10H10
© Fotografia por: DR
A investigação oferece as primeiras estimativas globais do número cumulativo de mortes de crianças regista-das entre mães com 20 e 49 anos em 170 países em todo o mundo, a partir de dados públicos recolhidos entre 2010 e 2018 em 89 países da proporção de mães que alguma vez perderam um filho.

"O que é inovador no nosso estudo é que vamos para além destes 89 países e fornecemos estimativas para aqueles que carecem de dados de inquérito recentes e representativos a nível nacional, aproveitando uma nova abordagem indirecta que combina modelos formais de parentesco e métodos de tabelas de vida. Isto permitiu-nos dar uma imagem completa do luto a nível mundial”, explica um dos autores do estudo, Diego Alburez-Gutierrez.

Além de Alburez-Gutierrez, do Instituto Max Planck para a Investigação Demográfica em Rostock, Alemanha, também assina o traba-lho Emily Smith-Greenaway, investigadora do "USC Dornsife College of Letters”, de Los Angeles, EUA.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Mundo

Opinião

Política