Desporto

Sagrada Esperança exibe argumentos de candidato

Senhor do seu destino, o Sagrada Esperança reforçou ontem a boa safra dos representantes do Leste, na presente edição do Girabola, ao derrotar o 1º de Agosto, por 2-1, na cidade do Dundo, em jogo de conclusão da sexta jornada da competição, liderada pelo FC Bravos do Maquis, 31 pontos.

07/04/2021  Última atualização 08H55
Equipa diamantífera soma agora 29 pontos e relegou o Petro de Luanda para a segunda posição © Fotografia por: Benjamim Cândido | Edições Novembro
Próximo da meia-hora de jogo, Jó Paciência marcou posição na disputa de goleadores com Mabululu, irmão mais velho, ao marcar aos 29 minutos o golo que colocou os diamantíferos em vantagem no marcador. O avançado da formação lunda soube explorar um brinde da defesa militar, que dei-xou o guarda-redes Neblu desamparado.

O adiantamento dos donos da casa acabou por contrariar o controlo do jogo até então exercido pelos rubro e negros, que apesar dos alarmes disparados na véspera, a apontar para um certo desgaste físico, por força da sequência de partidas num intervalo de três dias, assumiram a iniciativa, atitude que levou os pupilos de Roque Sapiri a redobrarem a entrega na defesa. 

Aniversariante do dia, o técnico português Paulo Duarte, privado dos préstimos do experiente Bobó, afastado por testar positivo à Covid-19, há uma semana, viu a nódoa cair no melhor pano, a cortina defensiva. Uma abordagem mal-sucedida apanhou em contra-mão He-renilson e Macaia, no meio campo, bem como Jó e Bonifácio, no centro da defesa. 

Com Gaspar em bom plano no comando da cobertura da baliza à guarda de Langanga, Karanga, muito espevitado no corredor direito, assumia-se como forte ameaça para os defensores dos campeões nacionais. Rápido na saída para o ataque, criou desequilíbrios e colocou em várias ocasiões Lepua em situação favorável na procura do golo.

 
Três de uma assentada

Descontente com o curso do desafio, o técnico do 1º de Agosto operou três mexidas de uma assentada. Zini, Aldair e Buá substituíram Paizo, Moya e Atouba, respectivamente, na esperança de ver alterado o quadro, uma vez que a desvantagem no marcador colocava em causa o objectivo de assaltar a liderança isolada do campeonato, ainda na primeira volta.

O intervalo parece ter feito melhor ao Sagrada Esperança, que aos 57 minutos chegou aos 2-0, por intermédio de Jó Paciência, na conversão de um penaltie, a sancionar um corte com o braço de Herenilson. As contas estavam mais difíceis para os militares, obrigados a apelar à reserva anímica, caso quisessem evitar a derrota.

 Satisfeito com o desempenho da equipa, Roque Sapiri procurou refrescar o sector intermédio e o ataque, ao trocar Celso por Matengó e Jó por Chico. Do outro lado, Macaia deu o lugar a Bito, que pouco tempo depois festejou o golo de Aldair, aos 70 minutos, assistido por Buá, na execução de um livre. 

 Os bancos procuravam decidir o jogo. Melono deu lugar a Círilo, nos militares, enquanto nos diamantíferos Savané rendeu Água Doce, Cashi substituiu Luís Tati e Simão entrou para o lugar de Vitoriano. Mabululu teve nos pés uma oportunidade de empatar, antes do árbitro Feliciano Lucas, que viajou do Huambo, expulsar Mona, lateral-direito dos visitantes, por acumulação de cartões amarelos, e Buá, vermelho directo.

 
Salto na classificação

O triunfo colocou a formação lunda isolada na segunda posição, com 29 pontos, ao passo que o conjunto do Rio Seco, 26, perdeu terreno no quarto posto e, em caso de somar vitória nos três desafios que ainda tem por realizar, chega aos 35 pontos no final da primeira volta, apenas mais um em relação ao arqui-rival Petro de Luanda.

A sexta jornada do Girabola registou ainda os resultados: Santa Rita de Cássia – Sporting de Cabinda (1-0), Baixa de Cassanje – Ferrovia (2-1), Recreativo do Libolo – Cuando Cubango (0-2), Recreativo da Caála – Progresso Sambizanga (3-0), Interclube – Académica do Lobito (2-0), Wiliete de Benguela – Petro de Luanda (0-3) e Bravos do Maquis – Desportivo da Huíla (3-0), jogo decidido na secretaria, por ausência dos huilanos.

Honorato Silva

Jornalista

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Mundo

Opinião

Política