Desporto

Selecção começa hoje em Yaoundé defesa do título

Angola começa hoje, às 16h00, diante de Cabo Verde, a defesa do título de campeã africana de andebol sénior feminina, em jogo de estreia referente ao Grupo C da 24ª edição do Campeonato Africano das Nações (CAN), a decorrer até 18 deste mês na cidade de Yaoundé, capital dos Camarões.

09/06/2021  Última atualização 05H20
Atletas estão confiantes e acreditam que vão fazer uma boa exibição esta tarde, às 16h00 © Fotografia por: Paulo Mulaza | Edições Novembro
As Pérolas, designação da Selecção Nacional, baptizam a aparição, pela primeira vez, das cabo-verdianas. A jornada de hoje inclui ainda as partidas Senegal - Madagáscar e Tunísia -Guiné, ambas a contar para a primeira jornada da Série A.
Apesar de defrontar uma adversária sem qualquer experiência nestas lides, o seleccionador nacional Filipe Cruz e pupilas sabem que não podem subestimar a oponente nem olhá-la com sobranceria.


Olhar para as adversárias de igual modo que o faria como se estivesse a jogar uma partida determinante deve ser a divisa de Filipe e atletas, para deste modo começar com vitória o percurso rumo à revalidação do ceptro.
Ainda assim, o "sete” nacional é favorito à vitória. Ana Seabra, treinadora de nacionalidade portuguesa, com passagem pelo 1º de Agosto pode ser um ás de trunfo para a equipa da Ilha do Sal, no duelo lusófono. 


Por Angola podem ir a jogo: Teresa Almeida "Bá”, Helena de Sousa e Paulina da Silva (guarda-redes), Albertina Kassoma, Liliana Venâncio (pivôs), Helena Paulo, Isabel Guialo "Belinha”, Carolina Morais e Marília Quizelete "Inglesa” (centrais), Juliana Machado, Natália Kamalandua, Wilma da Silva, Natália Bernardo e Dalva Peres (pontas), Wuta Dombaxi, Stélvia Pascoal, Azenaide Carlos e Magda Cazanga (laterais).
Já Cabo Verde pode fazer alinhar: Célia, Niny e Isandra (guarda-redes), Kiara, Jorgeana, Xula (pontas direitas e esquerdas), Wendy, Josina e Lisiane (pivôs), Marly, Cely e Odete (centrais), Suzana, Rosa, Lôla, Txumas, Nádia e Miriam (laterais).

A jornada começa às 14h00 com o desafio entre Senegal e Madagáscar, com o favoritismo a recair para as leoas senegalesas, que entram para a competição com a pretensão de conquista do título.
Constituída por jogadoras que actuam em França, a selecção senegalesa defronta um adversário desconhecido, mas que pode dar luta para contrariar as pretensões das leoas.

Mais equilibrada deve ser a partida entre Tunísia e Guiné, às 16h00, embora as tunisinas pelo seu histórico nesta competição se apresentem como favoritas. Mas, a selecção guineense está em fase de crescimento, e a federação tem investido muito na formação, pelo que pode tentar surpreender o combinado tunisino.


  Justina Praça atribui favoritismo às Pérolas

A antiga guarda-redes da Selecção Nacional, Justina Praça apontou Angola como favorita a ocupar a primeira posição no Grupo C.
Em declarações à Angop, Praça afirmou que o "sete" nacional é teoricamente superior, sendo uma amostra disso os 13 títulos conquistados em 23 edições. 


Sobre Cabo Verde, a actual presidente da Associação Angolana a Mulher e o Desporto (AMUD) disse tratar-se de uma oponente estreante e com parcos argumentos no andebol feminino africano, sendo provável uma vitória de Angola com menos dificuldades.
Para a jogadora mais valiosa (MVP) em 2013 ao serviço do Lorraine de França é importante, não subestimar as cabo-verdianas para acautelar eventuais surpresas.  Já sobre o jogo contra o Congo Brazzaville, a antiga atleta do Petro de Luanda disse ser uma partida de elevada exigência e que servirá também para testar o espírito de entreajuda do colectivo.  Referiu que as congolesas são mais corpulentas, pelo que a opção das pupilas do seleccionador Filipe Cruz será o jogo rápido e criativo.

Lembrou que no último confronto entre ambas na edição de 2018, na condição de anfitriã, as congolesas mostraram-se aguerridas, sobretudo na etapa inicial, mas Angola acabou por vencer por 32-19, fruto da maior experiência, da eficácia ofensiva e do rigor defensivo.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Desporto