Especial

Selecção Nacional de Andebol rendida aos encantos do local

Como recordação para si próprios, os familiares e os amantes da modalidade, os integrantes da Selecção Nacional aproveitaram a visita à Fenda da Tundavala para fazer retratos fotográficos e filmagens que disseminaram em directo nas suas redes sociais. Era mais que visível a emoção e a admiração dos jogadores, equipa técnica e dirigentes.

02/01/2021  Última atualização 18H05
ma das Sete Maravilhas Naturais de Angola, a espectacularidade da Fenda da Tundavala deixou boquiabertos jogadores, técnicos e dirigentes da Selecção Nacional sénior masculina de andebol © Fotografia por: DR
O lateral esquerdo Edivaldo Ferreira "Moreno” disse ser emocionante visitar a Fenda da Tundavala. "Quando se fala da Huíla um dos encantos sonantes é a Fenda da Tundavala. Sendo uma das Sete Maravilhas Naturais de Angola, com o estágio, todos os atletas e outros integrantes da Selecção Nacional almejavam conhecer o lugar. 

Vivemos na alma a emoção de lá estar. É um condimento positivo ao estágio que estamos a cumprir na cidade do Lubango”. Gabriel Teka, outro atleta, reconheceu que o local é uma zona turística "muito interessante e fascinante”. Acrescentou que "foi positivo contemplar a mãe natureza”.

Já Feliciano Couveiro, a evoluir no ABC de Braga, Portugal, informou ser a primeira vez que visita a cidade do Lubango e, consequentemente, a Fenda da Tundavala. Segundo afirmou, achou "muito bonita e interessante” a Maravilha que é a Fenda da Tundavala e aconselhou, vivamente, os turistas a visitarem-na. "É algo que dá muito medo, mas bonito de se ver”,     contou.

Jaroslav Aguiar "Jaro” frisou que a Fenda da Tundavala "demonstra claramente” o potencial turístico existente no país. O encanto, realçou Jaroslav Aguiar, "mostra a nossa beleza natural, e, na qualidade de jogadores da Selecção, não podíamos ficar sem conhecer essa bela maravilha da Huíla. Quem vem a esta província e não visita este lugar é como ir a Paris sem ver a Torre Eiffel”. 
Tempo curto

O passeio turístico da Selecção Nacional de Andebol foi rigorosamente cronometrado e durou pouco mais de 30 minutos. O director técnico da Federação Angolana de Andebol (FAAND) defendeu uma melhor exploração e divulgação da beleza turística da Fenda da Tundavala. António Costa, sem conter a emoção, sublinhou que estava perante um dos mais belos e maravilhosos lugares que o país possui.

"Nem todos têm o privilégio de observar a Fenda da Tundavala. Faltam-nos palavras para descrever o que vimos. Do meu ponto de vista, este lugar deve ser melhor explorado”. Disse que os turistas que visitam o país, em particular, e os angolanos, em geral, "deviam conhecer a espectacularidade” que a vista da Fenda  proporciona.

António Costa comentou que mesmo em muitos países que vivem do turismo nem sempre os lugares tidos como "postais de visita” superam os de Angola. Disse ainda que o Ministério de tutela "deveria definir políticas para rentabilizar esses locais”. "Os turistas, quando visitam esses locais, que façam o pagamento da portagem. Sou, ainda, de opinião que a Fenda da Tundavala deve merecer mais divulgação, ela faz bem à alma”.

Gaudêncio Hamelay |Lubango

Jornalista

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Mundo

Opinião

Política