Sociedade

Sinistrados de Sangueve recebem bens diversos

Quarenta e sete famílias da aldeia de Sangueve, no município do Chinjenje, na província do Huambo, que viram as casas destruídas e os respectivos bens, em consequência de fortes chuvas que se registaram na região, receberam, quarta-feira, chapas de zinco, roupas usadas, charruas, catanas e enxadas, doados pelo Governo Provincial

04/03/2021  Última atualização 22H27
Casas destruídas devido muita chuva © Fotografia por: DR
A governadora da província do Huambo, Lotti Nolika, que procedeu à entrega dos meios, lamentou o drama dessas famílias, resultante de uma "situação própria da natureza”, tendo informado que prestarão o apoio que for necessário para que os sinistrados voltem a desenvolver, com normalidade, as actividades produtivas.
Lotti Nolika anunciou, também, a construção de uma estação de abastecimento de água potável, com a duração de noventa dias, cujo local já foi identificado, para garantir o fornecimento do precioso líquido. "Esforços estão a ser feitos no sentido de se colocar alguns furos que possibilitem abastecer de água potável às populações da circunscrição”, disse.

O soba grande da aldeia, Carlos Jacinto, agradeceu o gesto, assegurando que os bens vão contribuir na melhoria das condições de vida da população da localidade.
Na sede do município do Chinjenje, a governadora procedeu, igualmente, à entrega de valores monetários, charruas, catanas e enxadas, às famílias camponesas das zonas rurais, para o fomento do empreendedorismo, no âmbito do programa do micro-crédito.

Juliana Domingos| Huambo

Jornalista

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Mundo

Opinião

Política