Mundo

Tarrafal inscrito a Património da Humanidade

Os Governos de Cabo Verde e Portugal assinam, em 5 de Julho, no ex-Campo de Concentração do Tarrafal, um memorando de entendimento para a candidatura daquele espaço histórico cabo-verdiano a Património da Humanidade da UNESCO.

11/06/2021  Última atualização 10H05
© Fotografia por: DR
Segundo informação do Governo de Cabo Verde, o memorando de entendimento insere-se no quadro da cooperação técnica entre os dois países e será assinado, naquele dia, no antigo campo de concentração, que há vários anos é o museu mais visitado do arquipélago, na presença da ministra da Cultura de Portugal, Graça Fonseca.

A decisão, segundo o Governo cabo-verdiano, resultou da reunião de trabalho que o ministro da Cultura e das Indústrias Criativas de Cabo Verde, Abraão Vicente, manteve com a homóloga portuguesa, na terça-feira, durante a visita oficial que está a realizar a Portugal.
Ao todo, foram presas naquele "campo da morte lenta” mais de 500 pessoas: 340 anti-fascistas e 230 anti-colonialistas.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Mundo