Sociedade

Três cidadãos da RDC detidos por auxílio à imigração ilegal

Três cidadãos da República Democrática do Congo (RDC), na posse de quatro passaportes nigerianos foram, na terça-feira, detidos pelo Serviço de Investigação Criminal (SIC), na comuna do Luvo, a 62 quilómetros de Mbanza Kongo, província do Zaire, por auxílio e promoção à imigração ilegal.

25/02/2021  Última atualização 16H13
O SIC no Zaire recuperou das mãos de marginais vários electro-domésticos e motorizada © Fotografia por: Victor Mayatoko | Edições Novembro | Zaire
A porta-voz do SIC no Zaire, Suzana Sebastião, avançou que os referidos estrangeiros foram interpelados pelos efectivos do SIC em caminhos "fiotes", quando tentavam auxiliar a entrada no território nacional de três nigerianos que pretendiam chegar ilegalmente a Luanda, onde pretendiam fixar residência.

"Os três indivíduos da RDC detidos na posse de passaportes nigerianos, estavam a servir de guia de outros estrangeiros ilegais de nacionalidade nigeriana, com objectivo de chegarem até à capital do país, Luanda”, avançou.
De acordo com a porta-voz do SIC no Zaire, os três cidadãos estrangeiros ilegais pagaram cada um o equivalente a 400 dólares aos congoleses para que os ajudassem a chegar até Luanda.

Enquanto aguardam os procedimentos legais, a porta-voz do SIC sublinhou que os cidadãos nigerianos foram conduzidos ao Centro de Detenção de Estrangeiros, em  Mbanza Kongo, onde serão repatriados ao país de origem.
Quanto aos cidadãos congoleses acusados de auxílio e promoção à imigração ilegal, foram presentes ao Ministério Público, devendo o processo seguir os trâmites legais para, nos próximos dias, serem encaminhados aos órgãos judiciais para o competente julgamento.
 
17 marginais na cadeia 
  

 Pelo menos 17 indivíduos foram detidos pelo Serviço de Investigação Criminal (SIC) em coordenação com a Polícia Nacional e outros órgãos, nos municípios de Mbanza Kongo e Nzeto, por supostamente terem praticado crimes de furto, roubo em residências e violação sexual de menores.

De acordo com a porta-voz do SIC no Zaire, Suzana Sebastião, os indivíduos foram detidos durante micro-operações realizadas, nos últimos três dias, no âmbito do combate à criminalidade, para garantir a tranquilidade às populações.
As micro-operações realizadas pelas forças policiais a nível do município de Mbanza Kongo que visaram os bairros Martins Kidito, 11 de Novembro e Bela Vista, resultaram na apreensão de quatro computadores portáteis, três TV plasmas, igual número de quilogramas de estupefaciente "liamba”, dois telemóveis, uma botija de gás de 12 quilogramas, um aparelho de som e uma motorizada.

Suzana Sebastião garantiu que, a corporação vai continuar com operações do género, com vista a reduzir o índice de criminalidade e garantir o normal desenvolvimento da vida pessoal e colectiva nas comunidades.
Para tal, aquela porta-voz apelou a população no sentido de criarem medidas de segurança nas portas e janelas das suas residências, para não permitir a entrada de ladrões e praticarem actos criminosos.   

Kayila Silvina | Kuimba

Jornalista

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Mundo

Opinião

Política