Sociedade

Última semana com menos casos positivos

O ministro de Estado e chefe da Casa Civil do Presidente da República, Adão de Almeida, anunciou ontem, em Luanda, que o país registou um decréscimo de novas infecções pelo novo coronavírus.

21/11/2020  Última atualização 13H45
© Fotografia por: Contreiras Pipa | Edições Novembro
O governante explicou que as regras em vigor no âmbito da Situação de Calamidade Pública mantêm-se durante mais um mês. O novo Decreto entra em vigor na segunda-feira, 23, e estende-se até ao dia 22 de Dezembro."Os nossos objectivos passam por manter o controlo da doença, registar menos infecções e garantir que a actividade económica possa continuar a se desenvolver”, disse Adão de Almeida.Para diminuir o número de pessoas a circular na via pública, mantém-se a "especial recomendação” para o recolhimento domiciliar diário entre as 22 e as 5 horas.Os serviços públicos e privados continuam a funcionar com 50 por cento da força de trabalho e os encarregados de educação de crianças com menos de 12 anos estão dispensados da actividade laboral presencial.Mantém-se a suspensão do retorno às aulas entre a 1ª e a 5ª classe. A retoma chegou a estar prevista para 26 de Outubro mas foi cancelada.Também o ensino pré-escolar continua interdito até nova avaliação da situação epidemiológica no país. No que diz respeito ao ensino superior, as aulas devem ser intercaladas entre o regime presencial e à distância.As aulas entre a 6ª e a 13ª classe continuam com o plano de retoma já definido. "No entanto, as autoridades do sector podem se pronunciar a qualquer altura quanto a eventuais alterações ao modelo que está a ser implementado”, frisou Adão de Almeida.

Também continuam em vigor as regras para as cercas sanitárias provinciais ou municipais: apenas serão autorizadas as movimentações de cidadãos em situação de emergência médica, missão de serviço ou aquisição de bens. É obrigatória a apresentação de um teste negativo para circular.

O comércio continua a funcionar, no máximo, até às 20 horas. Os mercados e a venda ambulante mantêm-se às terças, quintas e sábados, das 6 às 15 horas. O cumprimento das regras de biossegurança nestes locais é obrigatório.Também a prática desportiva deve ocorrer em dois períodos distintos, entre as 5 e as 7 e 30 e as 17 e 30 e as 19 e 30. Os ajuntamentos para a prática desportiva não podem ultrapassar as cinco pessoas.

As praias, zonas balneares, piscinas públicas e similares continuam encerradas. As actividades culturais e de lazer (como discotecas, festas privadas, entre outras) estão proibidas.Todas as regras de protecção pessoal, como o uso obrigatório de máscara nos locais públicos, via pública, mercados e espaços fechados, não sofreram alterações.

Miguel Gomes

Jornalista

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Mundo

Opinião

Política