Mundo

Vinte polícias alemães acusados de difundir propaganda neonazi

Dezanove membros da Polícia Alemã no activo e um ex-agente são suspeitos de difusão, em grupos de discussão na Internet, de propaganda neonazi, anunciou, ontem, a procuradoria-geral do país, em Frankfurt.

10/06/2021  Última atualização 05H45
© Fotografia por: DR
De acordo com um comunicado oficial, as autoridades realizaram buscas nos domicílios de seis polícias, membros do Comando de Acções Especiais da Polícia de Frankfurt, tendo o processo sido iniciado no passado mês de Abril. A investigação começou depois de suspeitas de difusão de imagens de "carácter pedófilo” por um agente da polícia, de 38 anos.


Mais tarde, após a análise do conteúdo das mensagens que constavam nos telemóveis, os investigadores acederam a fóruns de discussão em que os polícias difundiam propaganda neonazi.
No total, 19 elementos do grupo de acções especiais de Frankfurt e um antigo polícia são visados na investigação sobre os fóruns de discussão neonazis na internet, que estiveram activos ente 2016 e 2019.


Três dos suspeitos são também acusados de obstrução ao trabalho judicial.
Os superiores dos suspeitos não denunciaram as alegadas práticas apesar de serem obrigados a fazerem participações sobre propaganda neonazi sempre que tenham conhecimento dos alegados factos.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Mundo