Gente

Angolanos entre os mais influentes da lusofonia

Mais de quarenta angolanos, entre artistas, empreendedores, activistas sociais e influenciadores digitais, figuram numa lista dos 100 jovens mais influentes da lusofonia, segundo a comunidade e academia de líderes africanos dos Palop, denominada “Neoafricanismo”.

10/01/2021  Última atualização 17H05
Jovens mais influentes da lusofonia © Fotografia por: DR
A notícia partilhada na sua página oficial refere que com a inclusão dos nomes a academia quer reconhecer e estimular os jovens a continuar com boas acções dentro e fora da comunidade lusófona. Entre os angolanos constam Ottoniela Bezzera, Israel Campos, Hanormais, Anderson Fernandes, Carla Djamila, Rosa Soares, Dina Moreira, Maria Borges, Edmilson Ângelo, Breynislava Van-Dúnem e Nawabus. A academia é uma organização que promove e valoriza os feitos positivos de jovens descendentes dos Palop pelo contributo ao trabalho prestado nas áreas em que estão inseridos.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Mundo

Opinião

Política