Política

Líder da oposição apela ao diálogo entre angolanos

O presidente da UNITA, Adalberto Costa Júnior, apelou, ontem, em Luanda, ao diálogo entre os angolanos, para a construção de “bases sólidas e seguras para uma Angola reconciliada, inclusiva e moderna”.

31/10/2020  Última atualização 15H05
Comissão Política da UNITA reunida, até hoje, em Luanda © Fotografia por: Contreiras Pipa | Edições Novembro
Adalberto Júnior, que discursava na sessão de abertura da II reunião ordinária da Comissão Política da UNITA, que termina hoje, considerou que, para edificação desta "grande obra”, será necessário abraçar as reformas no Estado e efectivar-se a revisão da Constituição da República.
O líder do maior partido da oposição acusou o Executivo de estar a repetir os mesmos erros do passado, que "seriam evitados se soubesse escutar outras franjas da sociedade fora do círculo partidário, por via de um debate profundo, aberto e aturado”.A pandemia da Covid-19, disse, veio, tão-somente, destapar as enormes "fragilidades da governação”. "Governar é programar, programar é planificar, planificar é organizar e organizar é prever”. Para o líder da UNITA, prever seria, por exemplo, ter a percepção que o petróleo é um recurso não renovável e apostar ou investir unicamente nele recurso como fonte de receita, levou o país ao estado em que se encontra.

"A perspectiva da construção de uma Nação assenta no seu capital humano e na forma como ele deve ser moldado para responder aos desafios, não só do presente mas, sobretudo, do futuro”, realçou o político, para quem "assim foram feitas as Nações que hoje constituem referências mundiais”.A II reunião ordinária da Comissão Política da UNITA decorre sob o lema "Unidade  e  acção  para  a  vitória”. Os  membros  do  órgão  deliberativo  da UNITA abordam  questões  ligadas  à  situação socio-política e  económica  do  país. A  vida interna do partido, o  balanço  das actividades realizadas até  ao momento e perspectivar as acções para o próximo ano, também são assuntos em abordagem.A Comissão  Política da UNITA reúne, ordinariamente, uma vez ao ano e,  extraordinariamente, sempre que a situação o recomende.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Mundo

Opinião

Política