Sociedade

Benguela e Huíla registam casos de morte

Angola registou, ontem, duas mortes de Covid-19 nas províncias de Benguela e da Huíla, elevando para 506 o total de óbitos desde o início da pandemia, em Março de 2020.

28/02/2021  Última atualização 12H59
23 novas infecções e oito recuperados em 24 horas © Fotografia por: DR
As vítimas mortais tinham 30 e 32 anos de idade. Nesta altura, Benguela soma 26 óbitos, enquanto a Huíla tem um cumulativo de 27 mortes.
De acordo com o boletim informativo da Direcção Nacional de Saúde Pública, divulgado ontem, o país notificou 23 casos positivos, sendo sete na Huíla, Luanda e Zaire com quatro, três na Lunda-Norte, dois no Cuanza-Sul, Benguela, Cabinda e Cuanza-Norte com um cada.

Os cidadãos infectados têm idades entre 1 e 61 anos, sendo 14 do sexo masculino e nove do feminino. O cumulativo de casos confirmados no país subiu para 20.782 infectados, até à data.
No dia de ontem, as autoridades sanitárias registaram um total de oito pessoas recuperadas, das quais sete em Luanda e uma em Benguela. Assim, o cumulativo de recuperações é agora de 19.315, desde Março do ano passado. Segundo a última comunicação da Comissão Multissectorial de Prevenção e Combate à Covid-19, a taxa de recuperados é de 93 por cento.

Nas últimas 24 horas, foram processadas 843 amostras por RT-PCR, contabilizando, nesta altura, 392.946 amostras, cuja taxa de positividade aponta para 5,3 por cento. Por outro lado, foram testadas 883 pessoas nos pontos de saída e entrada de Luanda.
Nesta altura, o país tem 961 casos activos, dos quais dois em estado crítico, 12 graves, 32 moderados, 26 leves e 896 assintomáticos, enquanto 62 doentes estão internados nas unidades de tratamento.
Quando à quarentena institucional, estão sob controlo 49 pessoas e 1.597 contactos são vigiados do ponto de vista epidemiológico pelas autoridades sanitárias.

Xavier António

Jornalista

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Mundo

Opinião

Política