Mundo

Presidente Kais Saed defende liberdade de pensamento

O Presidente tunisino, Kais Saïed, destacou, ontem, o papel dos jornalistas e do "livre pensamento", afirmando que "a liberdade de expressão é sagrada mas o problema está ligado ao pensamento livre sem o qual todas as outras liberdades continuam a ser de pura forma", disse a AFP, Saeid que falava numa audiência concedida ao presidente do Sindicato Nacional dos Jornalistas Tunisinos, Mohamed Jelassi.

23/02/2021  Última atualização 06H00
Presidente tunisino, Kais Saïed © Fotografia por: DR
Na sua declaração, o Chefe de Estado tunisino salientou o papel do "livre pensamento" na "luta pela libertação nacional" para impedir qualquer tentativa de atentar contra a Tunísia e "os interesses do povo".
Por seu lado, o chefe do Sindicato Nacional dos Jornalistas tunisinos saudou "a posição consistente do Presidente tunisino sobre a liberdade de expressão e várias outras questões que afectam o futuro da Tunísia". A Tunísia tem sido dos países do Norte de África onde os jornalistas exercem mais livremente a actividade.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Mundo

Opinião

Política